Assassino filmado executando homem no Mutirão é preso e conta detalhe dos crimes

DESTAQUE POLÍCIA

O pistoleiro de um criminoso, apontado como mandante de vários homicídios em Manaus, foi preso neste domingo, dia 31. A prisão ocorreu no momento em que ele estava a caminho do aniversário da filha.

Segundo a Polícia Civil, o preso trabalhava para Fredson Castro de Oliveira, de 33 anos, vulgo “Cabral”, líder criminoso da invasão Coliseu, na Zona Leste de Manaus.

“Cabral” estava sendo investigado por chefiar uma milícia para praticar crimes de grilagem, tráfico de drogas, homicídios e extorsão.




Já o pistoleiro também possui uma extensa ficha criminal. De acordo com a polícia, no início do ano ele participou de uma execução na rua 83, bairro Mutirão, na zona leste. Moradores filmaram toda a ação que mostram a crueldade dos pistoleiros .

O vídeo foi filmado no dia 4 de janeiro e mostra um grupo de homens em um Palio, cor vermelha. Em determinado momento o carro para, no meio da rua, os homens saem e atiram na pessoa que estava dentro do veículo. A vítima ainda grita por socorro antes de morrer, mas não é poupada.

Em um outro vídeo, gravado após a prisão do pistoleiro, um policial pergunta detalhes da execução da rua 83 do Mutirão. Ele narra que após balear o alvo no banco do passageiro, saiu com o corpo dentro do carro até que desovou o cadáver na avenida Camapuã, na zona leste de Manaus.

Segundo a investigação, o pistoleiro é especialista em execuções de “queima de arquivo” – quando o alvo viu ou sabe de alguma informação que pode prejudicar o crime organizado.

Latrocínios

Além de queima de arquivo, o pistoleiro também era especialista em aplicar golpes com venda de veículos. Ele simulava vendas de carros por sites e aplicativos, em seguida levava os compradores para uma emboscada em uma área afastada da cidade. Lá ele pegava o dinheiro e em seguida assassinava as vítimas.

O pistoleiro foi preso após uma operação conduzida pelo 30° Distrito Integrado de Polícia (DIP). O criminoso deve ser apresentado nesta segunda, 1°, no prédio da delegacia, onde serão repassados

Related posts

Leave a Comment