Comunidade do Areal na AM-010, recebe o programa ‘SOS Vicinais’

AMAZONAS DESTAQUE
Terceira etapa da iniciativa do Governo do Amazonas beneficiará 90 agricultores familiares

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Produção Rural (Sepror), começou uma nova etapa do programa “SOS Vicinais”, executado pela Secretaria Executiva Adjunta de Política Agrícola, Pecuária e Florestal do Amazonas (Seapaf), que têm como objetivo recuperar, em caráter emergencial, trechos críticos de ramais sem condições de tráfego e que impossibilitam ao homem do campo escoar sua produção para a cidade.




Desta vez, as obras estão sendo realizadas na Comunidade do Areal, localizado no Km 41 da AM-010 (Manaus-Itacoatiara), onde serão atendidas 90 famílias que vivem da produção rural, como ovos, peixes, hortaliças, entre outros.

“A Comunidade do Areal acaba de receber a entrada das máquinas que vão atuar nos pontos críticos e contribuir para que eles possam continuar desenvolvendo suas atividades econômicas e subsequente, dar condições para que eles possam se deslocar no suporte na educação e na saúde também”, disse Airton.

Para a presidente da comunidade, Daniele Rocha, o fato da comunidade ter sido agraciada pelo projeto é de extrema importância. Ela conta que o ramal possui trechos onde carros de pequeno, médio e grande portes não conseguem passar, e até ficam presos em trechos críticos.

“Já somos agradecidos ao Governo do Estado e também à Sepror, por ter olhado nossa comunidade, principalmente nos tempos que estamos vivendo agora, com todo o isolamento social causado pela pandemia”, disse Daniele.

As comunidades beneficiadas trabalham com diversos tipos de produção, desde avicultura, fruticultura e piscicultura, e as obras nas vicinais têm proporcionado uma melhor condição de trabalho para o homem do campo, o que garante o alimento para os moradores da cidade e o sustento para as famílias.

‘SOS Vicinais’ – Trata-se de uma iniciativa do Governo do Estado para melhorar a vida do homem do campo. Tem por objetivo a recuperação de maneira emergencial de trechos críticos de ramais. As comunidades atendidas são indicadas pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), tomando como base a produção do local.

Ao serem aprovadas, as obras são analisadas pela equipe de Engenharia da Seapaf, que coordena as atividades, visando a melhoria das condições de utilização das vias para escoamento da produção rural. Todo o trabalho de recuperação das vicinais possui Licença Ambiental junto ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).

Related posts

Leave a Comment