Dólar despenca 3% e é cotado abaixo de R$ 5; Bolsa sobe 2,5%

BRASIL DESTAQUE ECONOMIA

O dólar tem forte queda de 3% nesta sexta-feira (5), a R$ 4,9780, menor valor desde 13 de março, antes da moeda ir a R$ 5. O Ibovespa sobe 2,5%, a 96 mil pontos.O movimento reflete a inesperada criação de empregos nos Estados Unidos em maio, o que investidores interpretam como um sinal de que o pior momento provocado pela pandemia de Covid-19 teria passado, embora o caminho para a recuperação possa ser longo.




O relatório mensal de emprego do Departamento do Trabalho americano também mostrou que a taxa de desemprego caiu a 13,3% no mês passado de 14,7% em abril, uma máxima pós-Segunda Guerra. Essa leitura veio na esteira de pesquisas que mostraram estabilização na confiança do consumidor, na manufatura e nos serviços.

As condições econômicas melhoraram consideravelmente depois que as empresas reabriram após terem que ser fechadas em meados de março para conter a disseminação da Covid-19.

Foram criadas fora do setor agrícola 2,509 milhões de vagas no mês passado, após fechameto recorde de 20,687 milhões em abril. Economistas consultados pela Reuters previam que a taxa de desemprego subiria para 19,8% em maio e que os EUA fechariam 8 milhões de postos de trabalho.

“Essas melhorias no mercado de trabalho refletiram uma retomada limitada da atividade econômica que foi reduzida em março e abril devido à pandemia de coronavírus e aos esforços para contê-la”, afirmou o Departamento do Trabalho em comunicado.

Em Nova York, o índice Dow Jones sobe 2,7%, S&P 500 tem alta de 2% e Nasdaq, de 1,5%

Related posts

Leave a Comment