Eirunepé: Dois homens foram presos por crimes de estupro e homicídio, veja o vídeo

DESTAQUE INTERIOR POLÍCIA

A equipe da Polícia Civil do 7° DIP de Eirunepé, transferiram neste sábado para Manaus, os nacionais Antonio Marlilson Rodrigues Gomes, 30 anos, preso por estupro de vulnerável e José Carlos Lucio, 35 anos, preso por homicídio, Ambos crimes cometidos na capital, eles foram presos em Eirunepé, com mandados de prisões expedidos pela varas criminais de Justiça de Manaus. Sendo que José Carlos Lucio, foi preso em via pública, no centro de Eirunepé e o Nacional Antonio Marlilson Rodrigues, foi preso em uma comunidade Rural do município.

De acordo com a Chefe de Polícia Civil de Eirunepé, Gonzaga Júnior, Os criminosos pensavam que estando em Eirunepé, estaria livres da justiça, como é uma cidade distante da capital, estaria livres para cometer novos crimes ou ficarem impunes dos que cometeram na capital amazonense.




Segundo Gonzaga, essa transferência não teria sido possível sem compromisso que a prefeitura de Eirunepé, tem com a segurança do município, pois foi um vôo fretado pela prefeitura, agradecemos muito por esse apoio.

Segundo o coordenador da , OPERAÇÃO ESPECTRO NEGRO II, Gonzaga Júnior, Chefe de Polícia Civil de Eirunepé, . foi montada uma grande operação para a transferência dos criminosos, com todos os cuidados necessários devido se tratar de dois presos perigosos, que não queriam vim pra Manaus, Foram 6 horas de vôo até a capital, fazendo uma parada em Tefé para abastecer a Aeronave Caravan.

Ainda conforme o titular do 7ª DIP EIRUNEPÉ , na chegada em Manaus, tivemos o apoio da Equipe da DEPCA, Delegada Joyce e Delegada Paulo Benelli, sendo os presos foram levados um para a DEPCA e o outro para a Delegacia de Homicídios, para serem encaminhados nesta segunda para o COMPAJ, após os procedimentos judiciais.

Related posts

Leave a Comment