Equipe da DECCI prende indivíduo por negligenciar e se apropriar de bens da própria mãe, uma idosa de 85 anos

DESTAQUE POLÍCIA

Nesta quinta-feira (02/07), por volta das 10h, a equipe de investigação da Delegacia Especializada em Crimes contra o Idoso (DECCI), sob o comando da delegada-geral Emília Ferraz e coordenação da delegada Andréa Nascimento, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, um indivíduo de 47 anos, denunciado pelos crimes de negligência, apropriação de bens e por deixar em situação de risco a própria a mãe, uma idosa de 85 anos. O crime ocorreu no bairro Cidade de Deus, zona norte da capital.



Conforme a delegada Andréa Nascimento, as diligências, em torno do caso, tiveram início após denúncias anônimas feitas no prédio da Especializada, informando que o homem estaria se apropriando da renda da idosa. Além disso, indivíduo tratava mal, proferia ofensas e deixava a idosa em situação vulnerável, na residência.

“Nos deslocamos ao endereço delatado para averiguarmos a veracidade da denúncia e confirmamos o delito. Na casa, encontramos a idosa em situação de negligência. Não havia alimentos e o filho utilizava o dinheiro da pensão para consumir bebidas alcoólicas. Em seguida, conseguimos localizá-lo e efetuarmos a prisão dele em um bar, naquele mesmo bairro”, detalhou Nascimento.

Flagrante – Conduzido à sede da DECCI, o indivíduo foi autuado em flagrante por apropriação de bens da pessoa idosa, exposição ao perigo e negligência. Ao término dos trâmites cabíveis, ele foi levado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde deverá passar por audiência de custódia via videoconferência.

Related posts

Leave a Comment