FPS arrecada 30 toneladas de alimentos em doações para a população em situação de vulnerabilidade social

AMAZONAS DESTAQUE

O Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) organizou um mutirão, com a participação de outras 33 secretarias e órgãos do Governo do Estado, com o objetivo de arrecadar alimentos para a confecção de cestas básicas. O mutirão começou no início deste mês, e as coletas de doações se encerraram nesta sexta-feira (15/05). Ao todo, foram arrecadadas 30 toneladas de alimentos, que estão sendo doados a comunidades carentes e instruções filantrópicas.

A ação visa beneficiar a população em situação de vulnerabilidade social, em sua grande maioria formada trabalhadores informais, que estão impossibilitados de trabalhar por conta da pandemia.

A secretária executiva do FPS, Kathelen Santos, destacou a importância da iniciativa para o público de pessoas em situação de vulnerabilidade, em especial os trabalhadores informais. “Essa ação tem o objetivo de atender a população mais carente, que depende do trabalho autônomo, principalmente com vendas, e que está impossibilitada de trabalhar por conta da pandemia”, assinalou.

Kathelen ainda afirmou que o FPS vai continuar trabalhando para atender a população em situação de vulnerabilidade. “Nós sabemos que a realidade da população é ainda mais difícil, mas o que estiver ao nosso alcance, faremos.”

Comunidade da Sharp – A Comunidade da Sharp, no bairro Armando Mendes, zona leste de Manaus, foi a primeira comunidade a receber as doações. Ao todo, 665 famílias moradoras do beco Itacolomi, na localidade, foram beneficiadas com essa operação.

Na entrega das cestas básicas às comunidades carentes, o FPS vem realizando um cadastro prévio dos moradores, para depois ser feita a distribuição de forma organizada, evitando a formação de aglomerações e respeitando o distanciamento social.

Participantes – As secretarias e órgãos do Governo do Amazonas participantes da iniciativa foram divididas em quatro blocos, cada um ficando responsável por um item da cesta básica. Ao todo, 34 secretarias e órgãos participaram do mutirão. Além do FPS, a lista inclui as secretarias de Estado de Fazenda (Sefaz-AM); Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti); Administração e Gestão (Sead); Segurança Pública (SSP-AM); Cultura e Economia Criativa; Cidades e Territórios; Produção Rural (Sepror), Administração Penitenciária (Seap); Comunicação Social (Secom); Meio Ambiente (Sema); e Relações Federativas e Internacionais (Serfi).

Participaram da ação ainda Centro de Serviços Compartilhados (CSC); Imprensa Oficial do Amazonas; Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar); Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam); Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-AM); Junta Comercial do Estado (Jucea); Defesa Civil; Casa Civil; Casa Militar; Procuradoria Geral do Estado (PGE); Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur); Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam); Central de Medicamentos (Cema); Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam); Controladoria Geral do Estado (CGE-AM); Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama); Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM); Escritório de Representação do Governo do Amazonas em São Paulo (ERGSP); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam); Fundação Estadual do Índio (FEI); Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM); e Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH).

FPS – Por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza, o Governo do Amazonas seleciona, custeia e monitora projetos sociais que promovam inclusão social e produtiva de pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica.

Related posts

Leave a Comment