Igrejas recebem doações do CODESE e Comitê Cidadão

AMAZONAS DESTAQUE
Cestas de alimentos e de limpeza irão auxiliar pessoas que perderam renda devido a pandemia

O Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus (CODESE Manaus) e o Comitê Cidadão entregaram, neste sábado (9), cestas de alimentos e kits de limpeza para a Convenção Batista do Amazonas e Igreja Presbiteriana de Manaus que estão desenvolvendo intenso trabalho social durante a pandemia. A ação faz parte da campanha ‘Manaus Mais Humana’, que tem como meta atender pessoas que perderam o emprego ou tiveram a renda de suas famílias reduzidas em decorrência do novo coranavírus, Covid19.

Inicialmente a campanha previa a distribuição exclusiva de alimentos não perecíveis, mas os organizadores optaram por ampliar o número de produtos ofertados para fortalecer o organismo e, ao mesmo tempo, combater a proliferação da Covi19. “Incluímos nas cestas produtos de primeira necessidade alimentar assim como de limpeza porque as pessoas precisam se proteger e também proteger seus familiares. A água sanitária e o sabão, que compõem o kit, são fundamentais para limpar os ambientes e higienizar as máscaras, que se tornaram obrigatórias em Manaus”, explicou o pastor e presidente do Comitê Cidadão, Stanley Braga.

A Convenção Batista do Amazonas, que possui mais de 340 congregações no estado, foi a primeira entidade a receber os donativos. “Jesus Cristo nos ensinou que é melhor dar do que receber. Quem dá muito, colhe muito. Os que estão relacionados com Deus devem ter este lado misericordioso para ajudar as pessoas necessitadas. É como muita alegria que recebemos estas doações que serão destinadas aos fiéis e amigos destas membresias”, agradeceu o pastor Claudio Fernandes, presidente da Convenção Batista do Amazonas.

A segunda instituição a ser contemplada com as doações foi a Igreja Presbiteriana de Manaus, que desenvolve um grande trabalho de assistência médica e social no interior do Estado há mais de 40 anos e com a contaminação em massa ampliou o foco do trabalho para Manaus. “Com o advento da pandemia, nós criamos o projeto celeiro para dar uma assistência maior na capital junto a nova congregação”, destacou o pastor auxiliar, Júlio Morales.

A Presbiteriana irá distribuir no mês de maio 1.200 cestas de alimentos. A congregação já tinha conseguido a maior parte, mas faltava fechar a meta para atender todos os inscritos. O pastor titular agradeceu o empenho do Codese de auxiliar os irmãos que estão vivendo dias difíceis. “Meus amigos do Codese, muito obrigado em nome da Igreja Presbiteriana pela doação para assistir famílias carentes dos bairros mais longínquos de Manaus. Somos gratos por esta parceria que permitirá a distribuição de 1.200 cestas”, declarou emocionado o pastor titular, Francisco Chaves.

A chuva atrapalhou o planejamento do Codese Manaus e Comitê Cidadão de contemplar três instituições, neste sábado, com as cestas. O Ieadam, do bairro Armando Mendes, receberá os kits na próxima semana. Inscreveram-se até o momento 25 instituições para receber as cestas. O Codese exige que todas as entidades tenham caráter social e demonstrem através de cadastro que estão entregando os alimentos não perecíveis e kits de limpeza para pessoas com dificuldades financeiras para se manter. Os cadastros são realizados nas instituições que participam da “Manaus Mais Humana”.

O idealizador da campanha, empresário Antônio Azevedo, destacou que a ação faz parte de um esforço coletivo dos empresários e da população em geral para saciar a fome de quem não possui alternativa econômica. “Apesar da rede de proteção do governo federal de conceder R$ 600 de benefício para os que foram atingidos. Muitas famílias ficaram desassistidas porque não possuem CPF ou por não terem acesso ao aplicativo disponibilizado. Além disso, a logística de distribuição deste recurso leva tempo. E a fome não espera. A fome é todo dia”, enfatizou Antônio Azevedo.

As cestas começarão ser entregues para as pessoas cadastradas na próxima semana. As entidades entrarão em contato pelo celular para agendar dia e horário. Não haverá aglomeração para evitar o contágio.

Doações

O CODESE Manaus colocou no ar o site, https://www.codesemanaus.org.br/portal/manaus-mais-humana.html, onde o internauta encontra os critérios da campanha. As doações podem ser feitas por meio de cartão de crédito, paypal, boleto bancário ou depósito para o Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus, no Banco do Brasil 001, agência 3286-7, conta corrente n˚ 73.768-2.

Ao longo do período de duração da campanha as doações serão aplicadas na aquisição de cestas básicas, que estão sendo adquiridas no comércio da capital como forma de movimentar a economia. “Uma das conseqüências deste vírus terrível é a fome. Essa campanha vem justamente colocar comida no prato dessas pessoas que sofrem sem alimentos. É uma maneira que temos de contribuir. A solidariedade é um prato cheio”, finalizou o presidente do Codese, Romero Reis.

A campanha tem como empresas apoiadoras  o  Big Amigão, supermercado Rodrigues, Mercantil Nova Era, RD Engenharia e TV Lar.

Related posts

Leave a Comment