Moto Clubes e Moto Grupos do Amazonas criam abaixo assinado e lançam campanha contra linha de cerol

AMAZONAS DESTAQUE MANAUS

Os Motociclistas do Amazonas, representados pelos seus Moto Clubes e Moto Grupos, através do Movimento Moto in Giro, pedem uma ação imediata como as autoridades, devido ao número de mortes e acidentes causados ​​por linhas de cerol no nosso Estado.

A reunião aconteceu na noite desta quarta-feira (08), com a presença de mais de trinta representantes dos Moto Clubes e Moto Grupos de Manaus. Durante o mesmo período, selecione todos os participantes que possam participar de uma campanha que envolva redes sociais, pressione e até um panfleto socioeducativo para conscientização da população contra o uso de cerol em linhas de papagaios.

Clique aqui para assinar ou abaixo Assinado o Movimento Moto no Giro

O movimento também solicita como autoridades que criam uma área exclusiva em cada zona da cidade, para praticar ou brincar de papagaio, pipa e etc. com o uso desse produto.

Desde o início de 2020, já foram registrados mais de 63 acidentes e 8 mortes causadas por essa prática. Deixando assim trabalhadores mutilados e com o mesmo perdendo suas vidas.




No Paraná, na última segunda-feira (06), os deputados aprovam projeto que proíbe cerol e linha chilena em tubulações no Estado, uma Lei de estatísticas que infratores podem responder criminalmente, além da possibilidade de receber multa pelo decrescimento da norma sem valor de 10 Unidades de Padrão Fiscal do Paraná (UPF-PR) para pessoas e 20 UPF-PR para empresas. Em julho, a UPF-PR vale R $ 105,94

O que é uma medida que pode pedir que você tome aqui também no Amazonas, pelo Legislativo Estadual.

Veja a Matéria:

Cerol é uma mistura criminosa de cola de madeira com vidro moído que as crianças passam na linha de papagaios e pipas para cortar uma linha das pipas de outras crianças. Esta mistura de cola e vidro moído faz com que a linha se torne uma verdadeira navalha causadora de muitos acidentes fatais. São usados ​​também como pó de cortante, ou o mais comum é o pó de ferro. O pó de ferro tem um agravante, pode conduzir eletricidade quando toca nos fios de alta tensão provocando choques elétricos provocando até a morte em quem solta como pipas.

Linha Chilena é feita com oxido de alumínio e outros materiais abrasivos, através de um processo mecanizado a quente. A linha fica mais forte com este processo. Primeiro passa-se na linha de cola quente, depois passa-se pelo abrasivo, processo usado no Chile por Cesar Gutierres.

Related posts

Leave a Comment