Polícia Civil deflagra operação em Itamarati, e prefeito é apontado como chefe de organização que desviou R$ 1 milhão de recursos da prefeitura

AMAZONAS DESTAQUE INTERIOR POLÍCIA

Operação da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) foi deflagrada no município de Itamarati, na última quinta-feira (9), para apurar desvios de recursos públicos em dois contratos de eventos realizados pela Prefeitura. A ação foi coordenada pelo delegado Bruno Fraga, do Departamento de Polícia do Interior, juntamente com o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e o Ministério Público do Amazonas, por meio do Grupo de Atuação Especializado em Crime Organizado (Gaeco).




As investigações iniciaram pela Promotoria de Itamarati que verificou suposto esquema de fraude em licitação com desvio de recursos públicos em dois convênios para realização de eventos no município. Os eventos seriam o de Soltura das Tartarugas e o outro do Aniversário da Cidade, com o valor do contrato sendo de aproximadamente R$ 1 milhão. As suspeitas são de que nem um terço desse valor foi gasto com os eventos, sendo boa parte dos recursos desviados.

Além do prefeito, a polícia teve como alvos o empresário dono de uma banda contratada para os eventos, o presidente da Comissão de Licitação e também o representante de Itamarati em Manaus, pois o dinheiro desviado teria sido depositado na conta deste representante.

O delegado da DRCO e os demais policiais estão a caminho de Manaus para dar mais informações sobre a operação.

Related posts

Leave a Comment