Total de R$ 1.870 milhão em emendas já está disponível para a saúde, diz Dep. João Luiz

DESTAQUE POLÍTICA

O total de R$ 1.870 milhão em emendas parlamentares, destinado à saúde pelo deputado estadual João Luiz (Republicanos), já está disponível para municípios do interior do Estado. O recurso foi depositado no mês de junho nas contas do Fundo Municipal de Saúde de Itacoatiara, Rio Preto da Eva, Humaitá, Manicoré, Iranduba, Manacapuru, Envira, Novo Aripuanã e Maués. Com isso, segundo o parlamentar, as prefeituras podem utilizar a verba na aquisição de equipamentos, medicamentos e reforçar o atendimento de saúde básica.



Ainda de acordo com João Luiz, recursos da ordem de R$ 1.334 milhão estão em fase de tramitação para aquisição de uma usina de oxigênio e um tomógrafo, destinados a cidade de Humaitá; uma ambulância para a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon); e um aparelho de raio-X para a Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ).

“Quanto mais recursos pudermos aprovar e destinar ao interior do Estado, mais o parlamento contribuirá para reforçar e fortalecer a saúde nos municípios amazonenses. Com a aquisição de equipamentos modernos para atender a população, não será necessário o cidadão se deslocar da sua cidade para a capital. Assegurando saúde pública a todos os amazonenses”, afirmou João Luiz.

Na avaliação do parlamentar, além dos nove municípios que receberão os recursos, outras cidades no entorno também serão beneficiadas. “A aquisição de bens e medicamentos beneficiará também, além dos nove municípios, moradores das cidades vizinhas”, destacou João Luiz.

FCecon

Ainda em fase de tramitação, um aporte de R$ 234,6 mil será aplicado para a aquisição de uma ambulância para a remoção de pacientes debilitados em tratamento na FCecon.

“Tenho certeza de que a ambulância irá suprir uma grande necessidade da FCecon e irá beneficiar os pacientes da unidade de saúde”, justificou João Luiz.

Referência no tratamento de câncer na Região Norte, a FCecon recebe, diariamente, cerca de 900 pessoas para a realização de consultas, exames e procedimentos.

Related posts

Leave a Comment