Aula em Casa’ estreia programa com atividades físicas para alunos e professores

AMAZONAS DESTAQUE
Engajada em deixar a rotina dos alunos e professores próxima do que era antes da pandemia, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto do Amazonas lançou, nesta segunda-feira (04/05), o programa “Hora do Movimento”. Duas vezes por semana, um professor de Educação Física vai ministrar aulas que podem ser feitas por pessoas de todas as idades e contribuir para a melhoria da imunidade.
 
A diretora do Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), Wilmara Monteiro, diz que a Secretaria de Educação iria usar os próprios conteúdos, mas que o Conselho Regional de Educação Física (CREF) propôs uma parceria e, agora, um educador físico ministrará as aulas, que vão ao ar às segundas e quintas-feiras, de 11h20 às 12h e de 16h20 às 17h, pelos canais do projeto “Aula em Casa”.
 
“Muitas vezes, eles [professores e alunos] estão em casa com posturas incorretas, que acarretam em desconfortos. O nosso objetivo é proporcionar movimento e saúde para que as pessoas não fiquem sem nenhuma atividade, o que acaba baixando a imunidade e propicia qualquer doença”, diz Monteiro.
]

As gravações dos conteúdos são feitas no Cemeam. Uma vez por semana, o professor responsável vai aos estúdios e grava quatro aulas. O presidente do CREF, Jean Carlos Silva, diz que ideia nasceu do receio de o professor ficar em casa, parado e sedentário, diferente de quando tinha a rotina de sair de casa todos os dias.
“Veio muito a calhar a parceria com a Secretaria de Educação e nós optamos por trabalhar o peso corporal, ou seja, não precisa de saco de feijão, vassoura, nada. Os exercícios podem ser feitos ali por alguns minutos, em frente à TV, e melhorar a imunidade. O exercício com peso corporal é um facilitador e pode ser feito por qualquer pessoa, com baixa intensidade para os iniciantes e com alta intensidade para os mais avançados. Todo mundo pode fazer, respeitando suas limitações”, frisa Silva.
Programas – Dentro do “Aula em Casa”, a Secretaria de Educação focou também em auxiliar os professores durante o período de pandemia. Os programas “Sala do Professor” e “Diálogos Formativos” são voltados à interação com os docentes, gestores, coordenadores e demais servidores do ensino público. Há, ainda, o programa “Papo Reto”, gerido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus), que também visa essa aproximação com os professores.

Related posts

Leave a Comment