Dep. João Luiz cobra estratégias e campanhas de conscientização para o uso seguro da bicicleta em Manaus

DESTAQUE POLÍTICA

Com a adoção da bicicleta como meio de transporte por mais de 80 mil manauaras, o deputado estadual João Luiz (Republicanos) cobrou estratégias e campanhas do Executivo Municipal para o uso seguro do modal em Manaus. Durante a sessão virtual da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) desta quarta-feira (24), o parlamentar ressaltou, ainda, a importância de se implementar políticas públicas relacionadas à ciclomobilidade na capital e também nos municípios do interior.




De acordo com o parlamentar, é urgente a necessidade de avaliar e investir em campanhas educativas, de orientação e de conscientização do uso seguro da bicicleta na capital amazonense. “Em Manaus, 4% da população utiliza o modal como meio de locomoção. No entanto, os ciclistas têm de dividir o espaço das vias com ônibus, carros de passeio e veículos pesados que, na maioria das vezes, não respeita a distância devida. O resultado disso, infelizmente, são os inúmeros acidentes”, afirmou João Luiz.

Para o Republicano, campanhas massivas e com ampla divulgação nas mídias poderiam contribuir, e muito, para aumentar o respeito no trânsito entre os usuários de todos os modais. “Ao propagar mensagens construtivas e de sensibilização, tenho certeza de que as pessoas irão se conscientizar e compreender o respeito que devemos ter no trânsito, sobretudo, em relação aos ciclistas”, enfatizou.

João Luiz comentou que tem se reunido com representantes do Executivo Estadual, das áreas de infraestrutura e de comunicação, e de grupos de pedala para discutir sobre a importância da conscientização sobre o modal.

“Já obtivemos uma sinalização positiva, por parte do Estado, para a realização de campanhas de conscientização e respeito. Mas precisamos, também, contar com o Município. Manaus precisa sair na frente com esse projeto, visto o número de pessoas que utilizam, diariamente, a bicicleta como meio de transporte e lazer na capital”, ponderou o parlamentar, ao acrescentar que, na última terça-feira (23), a Prefeitura de Manaus lançou o “Ciclo Guarda”, um programa de ciclopatrulhamento que atuará com bicicletas para reforçar a segurança do patrimônio, praças e espaços públicos.

“A concretização desse projeto é mais um motivo para que o município invista em campanhas e em obras de viabilização de ciclovias, ciclorrotas e ciclofaixas em Manaus. Os usuários precisam de segurança para praticar o modal. Logo, façamos como Bogotá, que construiu bicicletários nos terminais de ônibus, interligando a bicicleta ao transporte público. Esse exemplo daria fôlego ao trânsito da capital e seria uma solução positiva no pós-pandemia, garantindo o distanciamento social”, ressaltou João Luiz.

Projetos

João Luiz enfatizou a importância de se implementar políticas públicas relativas à ciclomobilidade em Manaus e no interior do Estado, além de afirmar, ainda, que segue com o propósito de incluir bicicletários, ciclovias, ciclafaixas e ciclorrotas em projetos e obras de infraestrutura tanto do Governo do Estado quanto da Prefeitura. Para isso, já enviou indicações aos poderes para que sejam analisadas e executadas as inclusões do modal nas obras em andamento e também nas futuras. “Manaus é a cidade das Américas que mais produz bicicletas no mundo, no entanto, só possui pouco mais de 37 quilômetros de infraestrutura (somadas ciclofaixas, ciclovias e ciclorrotas). Mas nossa meta é quintuplicar esse percurso e acabar com a fama de que Manaus é a cidade mais hostil para se pedalar”, concluiu.

Related posts

Leave a Comment