DERFV prendeu mais de 300 por roubos e furtos de veículos no AM

DESTAQUE POLÍCIA

Operações de repressão ao desmanche clandestino de veículos, desarticulação de quadrilhas e organizações criminosas especializadas em roubos, furtos, adulteração ou clonagem de veículos foram algumas das ações de destaque realizadas pela Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), da Polícia Civil do Amazonas. Em dois anos, a unidade policial totalizou 312 prisões de infratores pelo crime de subtração de veículos.

Há dois anos à frente da unidade policial, o delegado Cícero Túlio comemora os números e os êxitos das ações. “Isso tudo é fruto de um trabalho integrado das forças policiais, vinculadas à Secretaria de Segurança Pública, a partir das blitze que são feitas, do trabalho repressivo das Polícias Militar e Civil com outros órgãos vinculados à SSP, como o Detran (Departamento Estadual de Trânsito), e outras forças policiais”, enfatizou.

Atualmente, o principal foco da DERFV é retirar de circulação pessoas que mantêm vínculo com organização criminosa especializada na adulteração de veículos. Ele explica que o combate à prática facilita a atuação da polícia na recuperação de veículos roubados ou furtados.

“Quando a gente retira de circulação essas pessoas, outras quadrilhas especializadas em roubos e furtos de veículos não têm o escoamento para remeter esses veículos, a fim de que possam ser clonados. Então, ainda que haja um roubo ou furto, esse veículo não vai encontrar uma pessoa específica para dar vazão. Acontece que o veículo é facilmente localizado e recuperado pela não existência da clonagem naquele veículo”.

Além do número de prisões, das grandes operações e da redução de roubos e furtos de veículos, a DERFV também comemora a conquista da sede própria. Em agosto de 2019, a unidade policial que funcionava nas dependências do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP) ganhou uma sede própria, no bairro Planalto, zona centro-oeste de Manaus.

Repressão – Ainda no período de dois anos, a DERFV realizou 14 grandes operações, com o objetivo de combater diversos crimes. Durante a operação “Arremate”, uma quadrilha que encomendava motocicletas para esquentar os veículos com notas falsas de leilões em Manaus foi desarticulada. Na ocasião, foram apreendidas 87 motocicletas.

Já na “Quimera”, 90 veículos oriundos de práticas ilícitas a partir de estelionatos foram recuperados. Na ação, três homens que faziam parte da quadrilha foram presos. Conforme a Polícia, a ação criminosa movimentou mais de R$ 6 milhões.

Na Operação “Estelião”, 15 pessoas foram presas envolvidas em um grande esquema criminoso de falsificação de documentos públicos, para retirada de veículos junto a locadoras. Conforme Cícero Túlio, durante a ação, diversos veículos foram recuperados.

Denúncias – Informações que levem à desarticulação de quadrilhas, oficinas clandestinas e outros crimes com foco em veículos devem ser repassadas ao 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Também é possível acionar o telefone (92) 99962-2442, a linha direta da DERFV.

Related posts

Leave a Comment