Idam realiza visita técnica a comunidades rurais de Benjamin Constant

AMAZONAS DESTAQUE INTERIOR

Famílias rurais das comunidades Bom Pastor II, Prosperidade II e São Pedro de Veneza, localizadas à margem direita do rio Solimões, em Benjamin Constant (distante 1.121 quilômetros de Manaus), receberam, na última semana, a visita de técnicos do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam). O objetivo foi levar orientações técnicas que resultem na qualidade dos alimentos produzidos na região.



Nas localidades, que fica distante a três horas via fluvial da sede do município, os produtores trabalham com os plantios de laranja, açaí, banana e criação de aves. Além de levar orientações técnicas, a visita dos técnicos do Idam buscou inserir os produtores nas políticas públicas disponíveis para o setor, como o Cadastro Ambiental Rural (CAR), Cadastro da Agricultura Familiar (CAF), Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e Cartão do Produtor Primário (CPP).

Para o gerente do Idam em Benjamin Constant, Denis Lima, é importante estar presente em localidades mais distantes levando Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) para quem não parou de produzir alimentos durante a pandemia. “O agro não parou e precisamos levar desenvolvimento para o campo. Nossa missão é informar os agricultores sobre às políticas públicas e como ter acesso a elas”, destacou.

Outras ações – Quinze famílias rurais das comunidades Santa Luzia, São Pedro de Veneza e estrada Crajari foram beneficiadas com a entrega de 300 quilos de sementes de milho. Benjamin Constant está entre os 27 municípios que receberam sementes de milho oriundas da parceria entre a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror).

Segundo Denis, as sementes de milho serão cultivadas em uma área de seis hectares com expectativa de produção de três toneladas por hectare.

Related posts

Leave a Comment