Presidente Figueiredo não tem estrutura para suportar uma epidemia – foto: Guias Turísticos/arquivo

Morador de Presidente Figueiredo diz que o medo tomou conta da cidade depois que o recém-empossado secretário de obras, Rodynei Mendes, confirmou positivo para Covid-19.

Para o morador, que tem mãe idosa dona de pousada no centro da cidade, ficou complicado saber de onde está indo a contaminação pelo coronavírus em Presidente Figueiredo.




O medo tomou conta da cidade, disse ele. Que informou ainda, que o secretário Rodynei, esteve visitando obras e fazendo reuniões por todo o município. “Ele se contaminou em Manaus e pode ter distribuído o vírus por todo o município”, deduz.

O morador registrou ainda que tem um funcionário da agência do Bradesco e uma senhora que trabalha no Mercadinho Pontes, todos com fortes sintomas semelhantes ao positivo de coronavírus. “A cidade é pequena e sem estrutura para suportar a pandemia”, assusta-se.

Presidente Figueiredo tem uma população 30 mil habitantes, sendo 15 mil morando na sede, o restante em 62 comunidades rurais, todas dentro de um raio de 1.000 Km quadrados, o risco de epidemia é enorme.

Isolamento social continua sendo a melhor solução, uma vez que ainda não existe vacina e nem medicação com eficácia comprovada.