Representantes do comércio e indústria e governador Wilson Lima estreitam diálogo sobre atividade econômica

AMAZONAS DESTAQUE
Empresários avaliaram positivamente medidas tomadas pelo Governo Estadual no combate ao Covid-19

Representantes de entidades da indústria e comércio avaliaram positivamente o encontro com o governador Wilson Lima, nesta segunda-feira (30/03). Eles consideram positiva a criação de um comitê que vai discutir a retomada gradual da atividade econômica à medida que o controle do novo coronavírus (Covid-19) avance.



O encontro aconteceu na sede do Governo, na zona oeste de Manaus, e também contou com a participação do vice-governador Carlos Almeida, secretários estaduais e representantes dos poderes Legislativo, Judiciário e de órgãos de controle.

“Nós confiamos muito no Governo do Estado e esperamos que realmente ele sempre possa contar com a gente. A indústria está à disposição, nós estamos nos esforçando para arranjar outros meios para termos os produtos aqui falados, que são respiradores, EPIs de modo em geral, principalmente envolvendo saúde e segurança. Nós vamos, com certeza, colaborar todos juntos”, salientou Nelson Azevedo, vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas.

“O detalhamento oferecido pela equipe de saúde trouxe bastante informação e clareza nas decisões que devem ser priorizadas. Nós sentimos que foi muito mais um alinhamento na busca de soluções. Nós precisamos sim pensar nas pessoas tanto no aspecto da saúde quanto no aspecto de renda, e isso deve ser feito com muita responsabilidade”, considerou Wilson Périco, presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus, Ralph Assayag, elogiou as medidas tomadas pelo Governo do Estado, por meio dos decretos com determinações em combate ao coronavírus. “Alguns estados copiaram o nosso decreto, estão usando, inclusive, até esse momento. Isso vai dar mais tranquilidade para as pessoas e para os comércios que estiverem abertos colaborarem. Temos que usar todo o protocolo, também, do Ministério da Saúde, para que a gente possa levar cada vez mais tranquilidade para as pessoas que trabalham na saúde”, destacou Assayag.

Para Ataliba David Filho, presidente da Associação Comercial do Amazonas, as discussões em torno da situação econômica favorecem a recuperação mais rápida do Estado. “Isso vai trazer bons resultados. Realmente a economia vai carecer de tratativas que serão feitas futuramente, para recuperarmos a atividade econômica do Estado. Essas tratativas vão atenuar a situação das pequenas empresas. Nós sabemos que a pandemia é muito grave e sabemos da necessidade de todos estarmos unidos, nessa hora, para combater essa pandemia”, enfatizou Ataliba.

Busca de alternativas – O governador do Amazonas, Wilson Lima, ressaltou a importância do alinhamento com representantes da indústria e comércio, na busca de alternativas para mitigar os impactos econômicos causados pelo Covid-19. Para isso, o Estado está criando um comitê com a participação das entidades do setor produtivo e órgãos públicos. Ele ressaltou que o momento é de união entre os poderes e as entidades de classe.

“A gente vive duas situações que precisam encontrar uma conciliação. De um lado estamos trabalhando para proteger a saúde das pessoas e proteger a vida. A estrutura que conseguirmos montar na área de saúde vai ser decisiva para salvar a vida das pessoas. Por outro lado, eu tenho as atividades das pessoas e preciso que elas estejam funcionando minimamente. Se eu não tiver comércio funcionando, não vou ter quem esteja produzindo, não vou ter pessoas plantando, por exemplo”, frisou o governador.

Ele destacou, ainda, o empenho e colaboração dos poderes. “A reunião foi importante para mostrar aos poderes o que o Governo do Amazonas está fazendo e também para agradecer ao empenho de todos eles e a colaboração que tem dado nesse processo de enfrentamento ao coronavírus. Aqui a gente pôde apresentar um quadro do cenário aqui do Estado do Amazonas, quais as ações que estamos tomando e quais serão os próximos passos”, comentou Wilson Lima.

Participaram da reunião representantes da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Ministérios Público Estadual e Federal (MPE e MPR), da Defensoria Pública (DPE-AM), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público do Trabalho (MPT).

Também estiveram no encontro representantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes; Associação Comercial do Amazonas (ACA); Associação de Empresários do Vieiralves; Associação dos Notários e Registradores do Estado do Amazonas; Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas; Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDLM); Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam); Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado do Amazonas, Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus; Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Amazonas (FCDL); Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio); Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam); e Rede das Imobiliárias de Manaus.

Related posts

Leave a Comment